Página de exemplo

Único brasileiro ganhador de etapa do Tour de France conta a experiência da conquista

Único brasileiro ganhador de uma etapa do Tour de France, o ex-ciclista Mauro Ribeiro está na expectativa para a realização da 108ª edição do maior evento da modalidade, que começa no dia 26 de junho, em Brest, na região francesa da Bretanha. A prova terá 3.383 km divididos em 21 etapas com a grande final no dia 18 de julho, em Paris.

No Tour de France, os atletas irão encarar quatro tipos de percurso como os planos, de média montanha, montanha e as de contrarrelógio. Centenas de ciclistas de 23 equipes disputarão o título de 2021. No ano passado, o vencedor foi o esloveno Tadej Pogacar da UAE Team Emirates. O pódio teve na sequência o compatriota Primoz Roglic da Jumbo-Visma e o australiano Richie Porte do Trek-Segafredo.

A competição traz boas lembranças para o ex-ciclista paranaense. Em 1991, durante a 9ª etapa do evento de 160 quilômetros, Mauro Ribeiro venceu o percurso entre Alençon e Rennes. À época, competia pela RMO, equipe profissional da própria França. Agora, no dia 14 de julho, a conquista completa 30 anos.

”É gratificante fazer uma carreira sabendo que o Tour de France é o monumento esportivo, ao lado das Olimpíadas e Copa do Mundo. É, realmente, para quem faz ciclismo o máximo, como experiência e como satisfação de conquistar e participar o Tour de France”.

Nas imagens da prova de 1991, é possível notar que Mauro Ribeiro buscou todas as forças para cruzar a linha de chegada em Rennes após ataque final dos adversários. O ciclista, que estava com a prova dominada após a fuga, quase foi pego faltando poucos metros da chegada, mas 14 de julho era o seu dia! ”Foi uma experiência muito bacana, nessa carreira de quase 20 anos em cima de uma bicicleta.”, destacou mauro Ribeiro, que hoje tem 56 anos.

Para a edição 2021, o ex-ciclista explica que todos os detalhes são importantes para fazer um Tour de France de alto nível e vencer etapas. ”Hoje o ciclismo está muito dinâmico, o que na minha época era mais no feeling. A essência ainda é pedalar. São 21 dias, então cada três ou quatro minutos que pode estar se recuperando ou descansando, ficando o máximo possível em descanso. A gente percebe na história do Tour de France que os ciclistas que largam, apenas 10% chegam com chance de vencer. A ideia é estar nessa meta para vencer uma etapa”.

O ex-ciclista profissional, que também já treinou a Seleção Brasileira em Olimpíadas, não deixou a experiência no Tour de France parar em sua conquista.

No Brasil, ele já pedalou no L’Étape Brasil que, em 2021, terá duas etapas. A primeira delas será em Campos de Jordão (SP) nos dias 24 e 26 de setembro, já a segunda na Marina da Glória, no Rio de Janeiro (RJ), entre os dias 19 e 21 de novembro.

”O L’Étape traduz justamente essa experiência e sensação de estar envolvido com um dos maiores eventos ciclísticos do mundo. Está sendo um sucesso. Tive a possibilidade de pedalar no evento. É muito bacana, traduz uma confraternização muito legal”, completou.

L’Étape Brasil | L’Étape Rio

O Brasil terá duas edições na temporada 2021. O L’Étape Rio acontecerá de 19 a 21 de novembro, na Marina da Glória, e Campos do Jordão (SP), em 26 de setembro.

A etapa do Rio terá como sede a Marina da Glória, com percursos de 111 quilômetros e 62 quilômetros pela orla carioca.

Na versão completa da prova, os ciclistas irão até o Recreio dos Bandeirantes, e logo depois retornarão a Marina da Glória para cruzarem a linha de chegada.

Os participantes serão distribuídos na área da largada em grupos de acordo com seu condicionamento físico, ou seja, os mais rápidos largarão na frente.

Todos os protocolos de segurança e saúde pública, por conta da pandemia de COVID-19, serão respeitados durante a prova.

As inscrições para o L’Étape Rio podem ser feitas através do site www.letaperio.com.br.

AS ETAPAS
Etapa 1 – 26/06/21 Brest Landerneau 187 km
Etapa 2 – 27/06/21 Perros-Gueirec Mur-de-Bretagne 182 km
Etapa 3 – 28/06/21 Lorient Pontivy 182 km
Etapa 4 – 29/06/21 Redon Fougeres 152 km
Etapa 5 – 30/06/21 Changé Laval (ITT) 27 km contrarrelógio individual
Etapa 6 – 01/07/21 Tours Chateauroux 144 km
Etapa 7 – 02/07/21 Vierzon Le Creusot 248 km
Etapa 8 – 03/07/21 Oyonnax Le Grand Bornand 151 km
Etapa 9 – 04/07/21 Cluses Tignes – Val Claret 145 km
Dia de descanso 1

Etapa 10 – 06/07/21 Albertville Valence 186 km
Etapa 11 – 07/07/21 Sorgues Malaucene 199 km
Etapa 12 – 08/07/21 St-Paul-Trois-Chateaux Nimes 161 km
Etapa 13 – 09/07/21 Nimes Carcassonne 229 km
Etapa 14 – 10/07/21 Carcassonne Quillan 184 km
Etapa 15 – 11/07/21 Ceret Andorra la Vella 192 km

Dia de descanso 2

Etapa 16 – 13/07/21 Pas-de-la-Case Saint-Gaudens 169 km
Etapa 17 – 14/07/21 Muret St. Lary Soulan – Col de Portet 178 km
Etapa 18 – 15/07/21 Pau Luz Ardiden 130 km
Etapa 19 – 16/07/21 Mourenx Libourne 203 km
Etapa 20 – 17/07/21 Libourne Saint-Emilion (ITT) 31 km Contrarrelógio individual
Etapa 21 – 18/07/21 Chatou Paris – Champs-Elysees 112 km

L’Étape Brasil | L’Étape Rio

O Brasil terá duas edições na temporada 2021. O L’Étape Rio acontecerá de 19 a 21 de novembro, na Marina da Glória, e Campos do Jordão (SP), em 26 de setembro.

A etapa do Rio terá como sede a Marina da Glória, com percursos de 111 quilômetros e 62 quilômetros pela orla carioca.

Na versão completa da prova, os ciclistas irão até o Recreio dos Bandeirantes, e logo depois retornarão a Marina da Glória para cruzarem a linha de chegada.

Os participantes serão distribuídos na área da largada em grupos de acordo com seu condicionamento físico, ou seja, os mais rápidos largarão na frente.

Todos os protocolos de segurança a saúde publica por conta da pandemia de COVID-19 serão respeitados durante a prova.

As inscrições para o L’Étape Rio podem ser feitas através do site www.letaperio.com.br.

 

Brasileiro Murilo Fischer será mais uma vez embaixador do Tour de France

Com cinco participações em Olimpíadas e também um dos poucos brasileiros a pedalar o Tour de France, o brasileiro Murilo Fischer foi convidado novamente pela A.S.O – Amaury Sport Organisation para ser embaixador e relações públicas do maior evento de ciclismo do mundo.

A 108ª edição do Tour de France começa no dia 26 de junho em Brest, na região francesa da Bretanha.

Nas suas redes sociais, Murilo Fischer atualizará as principais notícias de bastidores do evento, que terá ao todo 3.383 km divididos em 21 etapas com a grande final no dia 18 de julho, em Paris.

O ex-atleta profissional e também parceiro do L’Étape Brasil receberá os convidados no Village das etapas, como se fosse um paddock numa comparação com a Formula 1. Os convidados do Tour de France conhecem como funciona a prova de perto. Cada embaixador tem um carro oficial para acompanhar a corrida, na frente ou lado do pelotão.

”Trazemos os convidados para dentro do Tour de France. Eles vivem uma experiência como se fosse um carro de equipe. Eles entendem como funciona a corrida. Confesso que dá muita vontade de pedalar novamente vendo tudo de perto!”, contou o especialista.

Murilo Fischer está em Treviso, na Itália, após ser convidado pela A.S.O. para fazer algumas provas, como o Dauphiné, uma prévia do Tour de France. Nessa semana, ele segue para o local da largada e já aposta numa competição equilibrada, com muitas possibilidade na mesa nas 21 etapas.

Segundo o especialista, o nível de todas as equipes é muito forte, mesmo com quatro ou cinco se destacando.”Espero um Tour de France bastante equilibrado, sensacional. Nas corridas prévias já demonstrou que terá bastante briga pela camisa amarela. Ciclisticamente falando será um dos melhores Tour de France para assistir. Além das brigas entre os adversários, vamos ver duelos entre atletas da mesma equipe”.

Um dos pontos que na avaliação de Murilo Fischer que será decisivo é a subida mítica do Mont Ventoux na etapa 11, de Sorgues a Malaucène, com 199km. O trecho retorna à rota do Tour de France pela primeira vez desde 2016, quando um temível vento Mistral passando pela chamada ‘montanha careca’ forçou o encurtamento da etapa e, por fim, viu o líder da corrida Chris Froome correndo em direção ao final após sua bicicleta danificada em uma colisão com uma motocicleta. ”É tradicionalmente uma prova para quem escala bem e faz um bom contra-relógio”, completou Murilo Fischer.

Um dos maiores ciclistas da história do Brasil elogiou a realização do L’Étape Brasil, que em 2021 terá duas edições, uma no Rio de Janeiro (RJ) e a tradicional em Campos do Jordão (SP)

Mais sobre o Tour

No Tour de France, os atletas irão encarar quatro tipos de percurso como os planos, de média montanha, montanha e as de contrarrelógio. Centenas de ciclistas de 23 equipes disputarão o título de 2021.

No ano passado, o vencedor foi o esloveno Tadej Pogačar da UAE Team Emirates. O pódio teve na sequência o compatriota Primož Roglič da Jumbo-Visma e o australiano Richie Porte do Trek-Segafredo.

AS ETAPAS
Etapa 1 – 26/06/21 Brest Landerneau 187 km
Etapa 2 – 27/06/21 Perros-Gueirec Mur-de-Bretagne 182 km
Etapa 3 – 28/06/21 Lorient Pontivy 182 km
Etapa 4 – 29/06/21 Redon Fougeres 152 km
Etapa 5 – 30/06/21 Changé Laval (ITT) 27 km contrarrelógio individual
Etapa 6 – 01/07/21 Tours Chateauroux 144 km
Etapa 7 – 02/07/21 Vierzon Le Creusot 248 km
Etapa 8 – 03/07/21 Oyonnax Le Grand Bornand 151 km
Etapa 9 – 04/07/21 Cluses Tignes – Val Claret 145 km
Dia de descanso 1

Etapa 10 – 06/07/21 Albertville Valence 186 km
Etapa 11 – 07/07/21 Sorgues Malaucene 199 km
Etapa 12 – 08/07/21 St-Paul-Trois-Chateaux Nimes 161 km
Etapa 13 – 09/07/21 Nimes Carcassonne 229 km
Etapa 14 – 10/07/21 Carcassonne Quillan 184 km
Etapa 15 – 11/07/21 Ceret Andorra la Vella 192 km

Dia de descanso 2

Etapa 16 – 13/07/21 Pas-de-la-Case Saint-Gaudens 169 km
Etapa 17 – 14/07/21 Muret St. Lary Soulan – Col de Portet 178 km
Etapa 18 – 15/07/21 Pau Luz Ardiden 130 km
Etapa 19 – 16/07/21 Mourenx Libourne 203 km
Etapa 20 – 17/07/21 Libourne Saint-Emilion (ITT) 31 km Contrarrelógio individual
Etapa 21 – 18/07/21 Chatou Paris – Champs-Elysees 112 km

L’Étape Brasil | L’Étape Rio

O Brasil terá duas edições na temporada 2021. O L’Étape Rio acontecerá de 19 a 21 de novembro, na Marina da Glória, e Campos do Jordão (SP), em 26 de setembro.

A etapa do Rio terá como sede a Marina da Glória, com percursos de 111 quilômetros e 62 quilômetros pela orla carioca.

Na versão completa da prova, os ciclistas irão até o Recreio dos Bandeirantes, e logo depois retornarão a Marina da Glória para cruzarem a linha de chegada.

Os participantes serão distribuídos na área da largada em grupos de acordo com seu condicionamento físico, ou seja, os mais rápidos largarão na frente.

Todos os protocolos de segurança a saúde publica por conta da pandemia de COVID-19 serão respeitados durante a prova.

As inscrições para o L’Étape Rio podem ser feitas através do site www.letaperio.com.br.

 

Faltam 100 dias para L’Étape Brasil by Tour de France em Campos do Jordão (SP)

A contagem regressiva para o L’Étape Brasil começou. Em 100 dias, os ciclistas amadores terão a oportunidade de competir em um evento com o espírito do Tour de France. A competição, em Campos de Jordão (SP), será entre os dias 24 e 26 de setembro. Já o L’Étape Rio será a partir de 19 de novembro, na Marina da Glória, no Rio de Janeiro (RJ). As inscrições continuam abertas.

De acordo com a organização, o trabalho para garantir uma prova cada vez mais segura e cuidar de todos os detalhes continuam. A expectativa para setembro é que os atletas vivam uma experiência única e memorável pelas estradas da Serra da Mantiqueira.

Destaque em 2020, a carioca Tota Magalhães segue treinando firme desde a virada do ano. A ciclista foi campeã da sexta edição do L’Étape Brasil.

”Esse ano quero continuar me desenvolvendo como atleta e dando o meu melhor nas provas e nos treinos. O resultado é consequência do processo”, disse Tota Magalhães.

As inscrições para o L’Étape Brasil seguem abertas pelo site: https://letapebrasil.com.br/

L’Étape Rio

A etapa do Rio terá como sede a Marina da Glória, com percursos de 111 quilômetros e 62 quilômetros pela orla carioca.

Na versão completa da prova, os ciclistas irão até o Recreio dos Bandeirantes, e logo depois retornarão a Marina da Glória para cruzarem a linha de chegada.

Os participantes serão distribuídos na área da largada em grupos de acordo com seu condicionamento físico, ou seja, os mais rápidos largarão na frente.

Todos os protocolos de segurança a saúde pública, por conta da pandemia da Covid-19, serão respeitados durante a prova.

As inscrições para o L’Étape Rio podem ser feitas através do site www.letaperio.com.br.

Mais informações:

Site oficial – https://www.letapebrasil.com.br/

Facebook – https://www.facebook.com/letapebrasil/

Instagram – https://www.instagram.com/letapebrasil/

Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCKq1bBlIu2szJDU-oj4McuQ

Strava – https://www.strava.com/clubs/l-etape-brasil-by-tour-de-france-1

 

Especialistas apontam equilíbrio no Tour de France 2021

A 108ª edição do Tour de France começa no dia 26 de junho em Brest, na região francesa da Bretanha. Serão 3383 km divididos em 21 etapas com a grande final  no dia 18 de julho, na famosa Champs-Elysees, em Paris. Os atletas irão encarar quatro tipos de percurso como os planos, de média montanha, montanha e as de contrarrelógio. Centenas de ciclistas de 23 equipes disputarão o título de 2021.

No ano passado, o vencedor foi o esloveno Tadej Pogačar da UAE Team Emirates. O pódio teve na sequência o compatriota Primož Roglič da Jumbo-Visma e o australiano Richie Porte do Trek-Segafredo. Os ciclistas estão confirmados para a ediçào deste ano e devem enfrentar concorrentes de peso como o britânico Tao Geoghegan-Hart, vencedor do Giro d’Italia 2020, e o galês Geraint Thomas, que levou o Tour de France 2018. Ambos são da INEOS.

Segundo prognósticos de especialistas, a prova deve ser uma das mais equilibradas dos últimos anos devido ao nível técnico dos competidores. E os resultados de outras provas mostraram isso na temporada.

”Está muito imprevisível. Tem uma geração muito nova e tem ciclistas que atacam muito nas etapas. Praticamente não terá dia morno, como ocorreu nas grandes voltas deste ano. De uma maneira geral, por causa de COVID-19, foi alterada o local para evitar deslocamento e anteciparam uma semana por causa dos Jogos de Tóquio”, disse Bruno Vicari, dos canais ESPN e Fox Sports, detentores dos direitos de transmissão do Tour de France.

Assista ao vídeo do percurso do Tour de France 2021

”Será um percurso um pouco diferente do que vimos nos últimos anos, menos chegadas ao alto, mais etapas que precisarão ser definidas mais cedo. E o duelo entre Roglic e Pogacar, mas sem o Pogacar ser um elemento surpresa no final, e sim mais vigiado do que foi em 2020. Só que também temos Geraint Thomas em boa forma, Richard Carapaz, Julian Alaphilippe aparentemente pensando em algo para a geral… São vários candidatos”, explicouRenan do Couto, narrador dos canais ESPN e Fox Sports.
Uma das principais novidades para 2021 é uma escalada dupla inédita ao Monte Ventoux e a adição de mais quilômetros de contrarrelógio, que serão divididos em um contrarrelógio individual de 27,6 km na 5ª etapa e um contrarrelógio individual de 31 km na penúltima etapa. Em 2020, foram 36,2 quilômetros contra 58 km na edição deste ano.

“São dois contra-relógios relativamente longos, de 27 km e 30 km, mais do que tivemos nos últimos anos. Nas montanhas, a etapa 11 é a que mais quero ver: duas ascensões do Mont Ventoux! Na última semana, é bom ficar de olho também na etapa 15, que termina em Andorra, em duas chegadas ao alto nas etapas 17 e 18: Col du Portet e Luz Ardiden (essa, passando pelo Tourmalet antes!). Serão dois finais duros em dias consecutivos”, comentou Renan do Couto.

AS ETAPAS
Etapa 1 – 26/06/21 Brest Landerneau 187 km
Etapa 2 – 27/06/21 Perros-Gueirec Mur-de-Bretagne 182 km
Etapa 3 – 28/06/21 Lorient Pontivy 182 km
Etapa 4 – 29/06/21 Redon Fougeres 152 km
Etapa 5 – 30/06/21 Changé Laval (ITT) 27 km contrarrelógio individual
Etapa 6 – 01/07/21 Tours Chateauroux 144 km
Etapa 7 – 02/07/21 Vierzon Le Creusot 248 km
Etapa 8 – 03/07/21 Oyonnax Le Grand Bornand 151 km
Etapa 9 – 04/07/21 Cluses Tignes – Val Claret 145 km

Dia de descanso 1

Etapa 10 – 06/07/21 Albertville Valence 186 km
Etapa 11 – 07/07/21 Sorgues Malaucene 199 km
Etapa 12 – 08/07/21 St-Paul-Trois-Chateaux Nimes 161 km
Etapa 13 – 09/07/21 Nimes Carcassonne 229 km
Etapa 14 – 10/07/21 Carcassonne Quillan 184 km
Etapa 15 – 11/07/21 Ceret Andorra la Vella 192 km

Dia de descanso 2

Etapa 16 – 13/07/21 Pas-de-la-Case Saint-Gaudens 169 km
Etapa 17 – 14/07/21 Muret St. Lary Soulan – Col de Portet 178 km
Etapa 18 – 15/07/21 Pau Luz Ardiden 130 km
Etapa 19 – 16/07/21 Mourenx Libourne 203 km
Etapa 20 – 17/07/21 Libourne Saint-Emilion (ITT) 31 km Contrarrelógio individual
Etapa 21 – 18/07/21 Chatou Paris – Champs-Elysees 112 km

 

L’Étape Brasil | L’Étape Rio

O Brasil terá duas edições na temporada 2021. O L’Étape Rio acontecerá de 19 a 21 de novembro, na Marina da Glória, e Campos do Jordão (SP), em 26 de setembro.

A etapa do Rio terá como sede a Marina da Glória, com percursos de 111 quilômetros e 62 quilômetros pela orla carioca.

Na versão completa da prova, os ciclistas irão até o Recreio dos Bandeirantes, e logo depois retornarão a Marina da Glória para cruzarem a linha de chegada.

Os participantes serão distribuídos na área da largada em grupos de acordo com seu condicionamento físico, ou seja, os mais rápidos largarão na frente.

Todos os protocolos de segurança a saúde publica por conta da pandemia de COVID-19 serão respeitados durante a prova.

As inscrições para o L’Étape Rio podem ser feitas através do site www.letaperio.com.br.

Mais informações:

Site oficial – https://www.letapebrasil.com.br/

Facebook – https://www.facebook.com/letapebrasil/

Instagram – https://www.instagram.com/letapebrasil/

Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCKq1bBlIu2szJDU-oj4McuQ

Strava – https://www.strava.com/clubs/l-etape-brasil-by-tour-de-france-1

 

 

 

Otávio Bulgarelli é tricampeão do L’Étape Brasil; Tota Magalhães vence no feminino

Publicado em 6 de dezembro de 2020 por Flavio.

O ciclista Otávio Bulgarelli conquistou, neste domingo (6), em Campos do Jordão (SP), o terceiro título consecutivo do L’Étape Brasil by Tour de France na prova de 107 quilômetros.

O atleta amador conseguiu se desgarrar após a subida da última montanha e abriu vantagem para cruzar a linha de chegada em 3h04min35.

A segunda colocação ficou para Felipe Fossati (3h05min02) e o terceiro para Guilherme Couto (3h06min50).

A prova com 2.330 metros de altimetria acumulada teve trechos com chuvas e muita neblina. Mesmo com atenção redobrada, Otávio Bulgarelli baixou em mais de dois minutos a marca do ano passado, que era de 3h07min02.

”Foi um ano mais difícil com competidores mais fortes. Mas dessa vez cheguei solo (sem photofinish), pois estava mais preparado. A experiência falou mais alto. Consegui atacar no final e saí vencedor”, comemorou Otávio Bulgarelli

O atleta dedicou a conquista deste ano ao pai Clerson Bulgarelli, já falecido, que faria aniversário no sábado. ”Foi emocionante e lembrei dele na chegada. Ele me deu mais gás”.

Com apenas 20 anos, a carioca Tota Magalhães venceu pela primeira vez no L’Étape Brasil com a marca de 3h28min06. A atleta amadora disse ter se divertido nos 107 quilômetros pelas estradas do interior de São Paulo.

”A gente ainda está passando por uma pandemia, em um momento complexo! Mas ter uma prova dessa anima a galera para treinar e foi super organizado! Estava todo mundo com vontade de sofrer. O mais importante é que todo mundo se divertiu e fez seu esforço! Eu me divertir bastante, não coloquei pressão e poupei a perna para a Serra Velha e acho que foi meu diferencial para ter uma boa colocação”, explicou Tota Magalhães.

No feminino, a prata ficou com Bia Neres (3h29min30) e o bronze com Mariana Brugger (3h33min17). A versão de 66 quilômetros teve como vencedora Carolina Weber (2h07min14), seguida por Camila Angulo (2h07min45) e Flavia Lorenzetti (2h10min41s).

No masculino, Daniel Ferreira ganhou os 66 quilômetros com 1h52min09s375. A sequência teve Flávio Roberto Ferreira (1h52min09s542) e Walter Miguel Ribeiro (1h53min07s188).

”Estou muito feliz da gente conseguir todo apoio para fazer o L’Étape em um ano tão complicado, tão difícil, mas de muito aprendizado e conscientização! Mostramos que da maneira correta, que o governo exige, todos podem fazer o seu esporte”, contou Fábio Bodra, diretor do L’Étape Brasil.

O L’Étape Brasil não fez premiação e todos os atletas e organização utilizaram máscaras, além de respeitarem o distanciamento social. As medalhas foram entregues embaladas individualmente.

Os protocolos e medidas de segurança foram elaborados seguindo orientações do setor da saúde para a execução de competições ao ar livre. Incluindo padrões divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Rodrigo Hilbert pedala em Campos do Jordão

L’Étape Brasil by Tour de France contou com a presença do ator e apresentador de TV Rodrigo Hilbert, que fez pela terceira vez a prova, mas a primeira dele em Campos do Jordão. As edições que ele correu foram em Cunha.

”Estou muito cansado! Mas é disparada a prova mais bem organizada que temos aqui no País! As ruas fechadas, todas pessoas seguindo os protocolos. Quando fiquei sabendo da prova, fiquei preocupado! Mas você olha aqui todas pessoas pensando umas nas outras e fazendo uma prova muito bem organizada”, disse Rodrigo Hilbert.

Outro desafiado pelo L’Étape Brasil by Tour de France foi Bruno Vicari da ESPN. ”Um desafio diferente por causa do clima! Principalmente na descida da Serra Nova! Mas foi super divertido, a galera super consciente. Novamente, foi uma super prova e eu consegui baixar meu tempo! Em 2021, tem Rio e Campos de novo e se preparar!”.

Por meio de uma parceria entre iniciativa privada e a A.S.O. – Amaury Sports Organisation, a prova chegou ao Brasil em 2015 um dos mais respeitados eventos esportivos do mundo. Após três bem sucedidas edições nos anos de 2015, 2016 e 2017 na cidade paulista de Cunha, o L’Étape Brasil seguiu para Campos do Jordão (SP), onde realizou a prova pela terceira vez.

Inscrições para 2021 e L’Étape Rio

O L’Étape Brasil 2021 será disputado de 24 a 26 de setembro em Campos do Jordão (SP). A organização deve confirmar oficialmente a repetição do mesmo percurso das duas últimas edições na cidade paulista.

Uma inédita edição no Rio de Janeiro (RJ) será realizada entre os dias 25 a 27 de junho de 2021. A prova terá como sede a Marina da Glória, local que recebeu os Jogos Olímpicos e outras competições esportivas e culturais.

As inscrições já estão abertas e os interessados podem acessar o site www.letaperio.com.br para confirmar sua presença.

”Estarei no Rio, já que a ideia minha é participar sempre! Eu não estou tendo muito tempo para treinar, mas sempre quando tem um tempinho pego a bicicleta! É uma paixão e faz muito bem”, reforçou Rodrigo Hilbert.

A prova carioca do L’Étape Rio terá os percursos de 111 quilômetros e 62 quilômetros passando pela orla da cidade maravilhosa. Na versão completa, os ciclistas irão até o Recreio dos Bandeirantes antes de cruzar a linha de chegada na Marina da Glória.

”O importante é o amor pelo esporte! Poder pedalar, se divertir cada um em seu ritmo! Ano que vem é no Rio! Tudo estudado, percurso estudado, plano e vou poder  treinar e fazer bonito lá também!”, disse o campeão olímpico do vôlei Nalbert, um dos desafiados do L’Étape Brasil.

A largada ocorrerá às 6 horas do dia 27 de Junho de 2021. A recomendação é que o atleta esteja posicionado no local da largada com 60 minutos de antecedência. Os participantes serão distribuídos na área da largada em grupos de acordo com seu condicionamento físico, ou seja, os mais rápidos largarão na frente.

 

Mais informações:

Site oficial – https://www.letapebrasil.com.br/

Facebook – https://www.facebook.com/letapebrasil/

Instagram – https://www.instagram.com/letapebrasil/

Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCKq1bBlIu2szJDU-oj4McuQ

Strava – https://www.strava.com/clubs/l-etape-brasil-by-tour-de-france-1

Publicado em: news

Rodrigo Hilbert pedala em Campos do Jordão

Publicado em 7 de dezembro de 2020 por Flavio.

O L’Étape Brasil by Tour de France 2020 contou com a presença do ator e apresentador de TV Rodrigo Hilbert, que fez pela terceira vez a prova, mas a primeira dele em Campos do Jordão. As edições que ele correu foram em Cunha.

”Estou muito cansado! Mas é disparada a prova mais bem organizada que temos aqui no País! As ruas fechadas, todas pessoas seguindo os protocolos. Quando fiquei sabendo da prova, fiquei preocupado! Mas você olha aqui todas pessoas pensando umas nas outras e fazendo uma prova muito bem organizada”, disse Rodrigo Hilbert.

Outro desafiado pelo L’Étape Brasil by Tour de France foi Bruno Vicari da ESPN. ”Um desafio diferente por causa do clima! Principalmente na descida da Serra Nova! Mas foi super divertido, a galera super consciente. Novamente, foi uma super prova e eu consegui baixar meu tempo! Em 2021, tem Rio e Campos de novo e se preparar!”.

Por meio de uma parceria entre iniciativa privada e a A.S.O. – Amaury Sports Organisation, a prova chegou ao Brasil em 2015 um dos mais respeitados eventos esportivos do mundo. Após três bem sucedidas edições nos anos de 2015, 2016 e 2017 na cidade paulista de Cunha, o L’Étape Brasil seguiu para Campos do Jordão (SP), onde realizou a prova pela terceira vez.

Publicado em: news

L’Étape Brasil by Tour de France faz história e entrega prova perfeita em 2020

A sexta edição do L’Étape Brasil by Tour de France deixará um legado para competições esportivas realizadas no Brasil.

A prova ocorreu no domingo (6), em Campos do Jordão (SP), e teve os percursos de 107 e 66 quilômetros com representantes de todos os estados da federação.

A organização adotou uma série de medidas para que os ciclistas continuassem a ter uma experiência de alto-nível da etapa do famoso Tour de France em meio à pandemia de COVID-19. A prova respeitou as orientações protocolares do governo do estado de São Paulo em sua fase amarela.

Os atletas, por sua vez, respeitaram as orientações passadas pelo staff nas áreas de largada, na estrada e também no Village do L’Étape, que foi instalado no Capivari, importante cartão-postal da cidade.

Para ter avaliação positiva dos participantes, a equipe liderada pelo medalhista olímpico Bruno Prada montou um comitê para monitorar a parte técnica, segurança no percurso, postos de abastecimento e alimentação, atendimento ao cliente no SAC e principalmente os protocolos de saúde.

”A prova já era de alto-nível em organização, estrutura, logística e principalmente segurança. Nessa temporada tivemos a responsabilidade de entregar uma competição de três dias respeitando isolamento social e com todas as exigências sanitárias cumpridas a risco. Os ciclistas colaboraram”, disse Bruno Prada, organizador do L’Étape Brasil.

”Adotamos o briefing online, entregamos as medalhas higienizadas embaladas individualmente em envelopes de plástico e não realizamos a premiação final. Essas foram algumas das ações que definimos durante esse ano atípico”.

A organização teve autorização para promover a edição e ficou em contato diário com as autoridades locais e estaduais. A prova recebeu elogios dos participantes e feedback positivo da A.S.O. – Amaury Sports Organisation, organizadora do Tour de France.

”Tivemos muitos atletas com tempo bom! Uma confraternização, com cuidados extras e conseguimos efetivar com esse padrão de segurança”.

”Eu só ouvi elogios. Gostei muito do comportamento de todos atletas. Todos prestaram muita atenção nas placas, tivemos os cuidados através de bombeiros e médicos preparados”, explicou Fernando Cheles, diretor de prova.

Ciclistas aprovam evento

A satisfação dos ciclistas pôde ser mensurada com o número de inscrições feitas para a sétima edição, que será realizada em setembro de 2021.

Nomes de peso do esporte e da televisão como o campeão olímpico Nalbert e o ator Rodrigo Hilbert aprovaram as ações adotadas pelos organizadores do L’Étape Brasil em Campos do Jordão.

”É disparada a prova mais bem organizada que temos aqui no País! As ruas fechadas, todas pessoas seguindo os protocolos. Quando fiquei sabendo da prova, fiquei preocupado! Mas você olha aqui todas pessoas pensando umas nas outras e fazendo uma prova muito bem organizada”, disse Rodrigo Hilbert.

Os atletas inscritos foram constantemente avisados sobre a realização da prova por e-mail, o briefing técnico foi online e a retirada de kits nos dois dias pré-prova não teve filas apesar do grande número de atletas que pedalou em Campos do Jordão.

A edição brasileira do Tour de France obrigou o uso de máscaras por todos os envolvidos, medição de temperatura, tótens com álcool gel, distanciamento social, limpeza e desinfecção dos locais com maior circulação de pessoas.

O L’Étape Brasil by Tour de France teve apoio para realizar a prova do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo, Secretaria de Logística e Transportes do Estado de São Paulo, DER – Departamento de Estradas e Rodagens,  Quartel do Comando Geral da Policia Militar do Estado de São Paulo, Polícia Militar, Polícia Militar Rodoviária, Prefeitura de Campos do Jordão, Secretaria de Turismo de Campos do Jordão, Secretaria de Saúde de Campos do Jordão, Secretaria de Segurança Pública / DSV / Defesa Civil / Guarda Civil Municipal, Corpo de Bombeiros, SAMU, Prefeitura de Santo Antônio do Pinhal e Secretaria de Turismo de Santo Antônio do Pinhal.

Resultados

O ciclista Otávio Bulgarelli conquistou o terceiro título consecutivo do L’Étape Brasil by Tour de France na prova de 107 quilômetros. O atleta amador cruzou a linha de chegada em 3h04min35. A segunda colocação ficou para Felipe Fossati (3h05min02) e o terceiro para Guilherme Couto (3h06min50).

A prova com 2.330 metros de altimetria acumulada teve trechos com chuvas e muita neblina. Mesmo com atenção redobrada, Otávio Bulgarelli baixou em mais de dois minutos a marca do ano passado, que era de 3h07min02.

Com apenas 20 anos, a carioca Tota Magalhães venceu pela primeira vez no L’Étape Brasil com a marca de 3h28min06. A atleta amadora disse ter se divertido nos 107 quilômetros pelas estradas do interior de São Paulo.

No feminino, a prata ficou com Bia Neres (3h29min30) e o bronze com Mariana Brugger (3h33min17). A versão de 66 quilômetros teve como vencedora Carolina Weber (2h07min14), seguida por Camila Angulo (2h07min45) e Flavia Lorenzetti (2h10min41s).

No masculino, Daniel Ferreira ganhou os 66 quilômetros com 1h52min09s375. A sequência teve Flávio Roberto Ferreira (1h52min09s542) e Walter Miguel Ribeiro (1h53min07s188).

Inscrições para 2021 e L’Étape Rio

O L’Étape Brasil 2021 será disputado de 24 a 26 de setembro em Campos do Jordão (SP). A organização deve confirmar oficialmente a repetição do mesmo percurso das duas últimas edições na cidade paulista.

Uma inédita edição no Rio de Janeiro (RJ) será realizada entre os dias 25 a 27 de junho de 2021. A prova terá como sede a Marina da Glória, local que recebeu os Jogos Olímpicos e outras competições esportivas e culturais.

As inscrições já estão abertas e os interessados podem acessar o site www.letaperio.com.br para confirmar sua presença.

”Estarei no Rio, já que a ideia minha é participar sempre! Eu não estou tendo muito tempo para treinar, mas sempre quando tem um tempinho pego a bicicleta! É uma paixão e faz muito bem”, reforçou Rodrigo Hilbert.

A prova carioca do L’Étape Rio terá os percursos de 111 quilômetros e 62 quilômetros passando pela orla da cidade maravilhosa. Na versão completa, os ciclistas irão até o Recreio dos Bandeirantes antes de cruzar a linha de chegada na Marina da Glória.

Mais informações:

Site oficial – https://www.letapebrasil.com.br/

Facebook – https://www.facebook.com/letapebrasil/

Instagram – https://www.instagram.com/letapebrasil/

Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCKq1bBlIu2szJDU-oj4McuQ

Strava – https://www.strava.com/clubs/l-etape-brasil-by-tour-de-france-1

Publicado em: news