Otávio Bulgarelli é tricampeão do L’Étape Brasil; Tota Magalhães vence no feminino

Publicado em 6 de dezembro de 2020 por Flavio.

O ciclista Otávio Bulgarelli conquistou, neste domingo (6), em Campos do Jordão (SP), o terceiro título consecutivo do L’Étape Brasil by Tour de France na prova de 107 quilômetros.

O atleta amador conseguiu se desgarrar após a subida da última montanha e abriu vantagem para cruzar a linha de chegada em 3h04min35.

A segunda colocação ficou para Felipe Fossati (3h05min02) e o terceiro para Guilherme Couto (3h06min50).

A prova com 2.330 metros de altimetria acumulada teve trechos com chuvas e muita neblina. Mesmo com atenção redobrada, Otávio Bulgarelli baixou em mais de dois minutos a marca do ano passado, que era de 3h07min02.

”Foi um ano mais difícil com competidores mais fortes. Mas dessa vez cheguei solo (sem photofinish), pois estava mais preparado. A experiência falou mais alto. Consegui atacar no final e saí vencedor”, comemorou Otávio Bulgarelli

O atleta dedicou a conquista deste ano ao pai Clerson Bulgarelli, já falecido, que faria aniversário no sábado. ”Foi emocionante e lembrei dele na chegada. Ele me deu mais gás”.

Com apenas 20 anos, a carioca Tota Magalhães venceu pela primeira vez no L’Étape Brasil com a marca de 3h28min06. A atleta amadora disse ter se divertido nos 107 quilômetros pelas estradas do interior de São Paulo.

”A gente ainda está passando por uma pandemia, em um momento complexo! Mas ter uma prova dessa anima a galera para treinar e foi super organizado! Estava todo mundo com vontade de sofrer. O mais importante é que todo mundo se divertiu e fez seu esforço! Eu me divertir bastante, não coloquei pressão e poupei a perna para a Serra Velha e acho que foi meu diferencial para ter uma boa colocação”, explicou Tota Magalhães.

No feminino, a prata ficou com Bia Neres (3h29min30) e o bronze com Mariana Brugger (3h33min17). A versão de 66 quilômetros teve como vencedora Carolina Weber (2h07min14), seguida por Camila Angulo (2h07min45) e Flavia Lorenzetti (2h10min41s).

No masculino, Daniel Ferreira ganhou os 66 quilômetros com 1h52min09s375. A sequência teve Flávio Roberto Ferreira (1h52min09s542) e Walter Miguel Ribeiro (1h53min07s188).

”Estou muito feliz da gente conseguir todo apoio para fazer o L’Étape em um ano tão complicado, tão difícil, mas de muito aprendizado e conscientização! Mostramos que da maneira correta, que o governo exige, todos podem fazer o seu esporte”, contou Fábio Bodra, diretor do L’Étape Brasil.

O L’Étape Brasil não fez premiação e todos os atletas e organização utilizaram máscaras, além de respeitarem o distanciamento social. As medalhas foram entregues embaladas individualmente.

Os protocolos e medidas de segurança foram elaborados seguindo orientações do setor da saúde para a execução de competições ao ar livre. Incluindo padrões divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS).

Rodrigo Hilbert pedala em Campos do Jordão

L’Étape Brasil by Tour de France contou com a presença do ator e apresentador de TV Rodrigo Hilbert, que fez pela terceira vez a prova, mas a primeira dele em Campos do Jordão. As edições que ele correu foram em Cunha.

”Estou muito cansado! Mas é disparada a prova mais bem organizada que temos aqui no País! As ruas fechadas, todas pessoas seguindo os protocolos. Quando fiquei sabendo da prova, fiquei preocupado! Mas você olha aqui todas pessoas pensando umas nas outras e fazendo uma prova muito bem organizada”, disse Rodrigo Hilbert.

Outro desafiado pelo L’Étape Brasil by Tour de France foi Bruno Vicari da ESPN. ”Um desafio diferente por causa do clima! Principalmente na descida da Serra Nova! Mas foi super divertido, a galera super consciente. Novamente, foi uma super prova e eu consegui baixar meu tempo! Em 2021, tem Rio e Campos de novo e se preparar!”.

Por meio de uma parceria entre iniciativa privada e a A.S.O. – Amaury Sports Organisation, a prova chegou ao Brasil em 2015 um dos mais respeitados eventos esportivos do mundo. Após três bem sucedidas edições nos anos de 2015, 2016 e 2017 na cidade paulista de Cunha, o L’Étape Brasil seguiu para Campos do Jordão (SP), onde realizou a prova pela terceira vez.

Inscrições para 2021 e L’Étape Rio

O L’Étape Brasil 2021 será disputado de 24 a 26 de setembro em Campos do Jordão (SP). A organização deve confirmar oficialmente a repetição do mesmo percurso das duas últimas edições na cidade paulista.

Uma inédita edição no Rio de Janeiro (RJ) será realizada entre os dias 25 a 27 de junho de 2021. A prova terá como sede a Marina da Glória, local que recebeu os Jogos Olímpicos e outras competições esportivas e culturais.

As inscrições já estão abertas e os interessados podem acessar o site www.letaperio.com.br para confirmar sua presença.

”Estarei no Rio, já que a ideia minha é participar sempre! Eu não estou tendo muito tempo para treinar, mas sempre quando tem um tempinho pego a bicicleta! É uma paixão e faz muito bem”, reforçou Rodrigo Hilbert.

A prova carioca do L’Étape Rio terá os percursos de 111 quilômetros e 62 quilômetros passando pela orla da cidade maravilhosa. Na versão completa, os ciclistas irão até o Recreio dos Bandeirantes antes de cruzar a linha de chegada na Marina da Glória.

”O importante é o amor pelo esporte! Poder pedalar, se divertir cada um em seu ritmo! Ano que vem é no Rio! Tudo estudado, percurso estudado, plano e vou poder  treinar e fazer bonito lá também!”, disse o campeão olímpico do vôlei Nalbert, um dos desafiados do L’Étape Brasil.

A largada ocorrerá às 6 horas do dia 27 de Junho de 2021. A recomendação é que o atleta esteja posicionado no local da largada com 60 minutos de antecedência. Os participantes serão distribuídos na área da largada em grupos de acordo com seu condicionamento físico, ou seja, os mais rápidos largarão na frente.

 

Mais informações:

Site oficial – https://www.letapebrasil.com.br/

Facebook – https://www.facebook.com/letapebrasil/

Instagram – https://www.instagram.com/letapebrasil/

Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCKq1bBlIu2szJDU-oj4McuQ

Strava – https://www.strava.com/clubs/l-etape-brasil-by-tour-de-france-1

Publicado em: news

Rodrigo Hilbert pedala em Campos do Jordão

Publicado em 7 de dezembro de 2020 por Flavio.

O L’Étape Brasil by Tour de France 2020 contou com a presença do ator e apresentador de TV Rodrigo Hilbert, que fez pela terceira vez a prova, mas a primeira dele em Campos do Jordão. As edições que ele correu foram em Cunha.

”Estou muito cansado! Mas é disparada a prova mais bem organizada que temos aqui no País! As ruas fechadas, todas pessoas seguindo os protocolos. Quando fiquei sabendo da prova, fiquei preocupado! Mas você olha aqui todas pessoas pensando umas nas outras e fazendo uma prova muito bem organizada”, disse Rodrigo Hilbert.

Outro desafiado pelo L’Étape Brasil by Tour de France foi Bruno Vicari da ESPN. ”Um desafio diferente por causa do clima! Principalmente na descida da Serra Nova! Mas foi super divertido, a galera super consciente. Novamente, foi uma super prova e eu consegui baixar meu tempo! Em 2021, tem Rio e Campos de novo e se preparar!”.

Por meio de uma parceria entre iniciativa privada e a A.S.O. – Amaury Sports Organisation, a prova chegou ao Brasil em 2015 um dos mais respeitados eventos esportivos do mundo. Após três bem sucedidas edições nos anos de 2015, 2016 e 2017 na cidade paulista de Cunha, o L’Étape Brasil seguiu para Campos do Jordão (SP), onde realizou a prova pela terceira vez.

Publicado em: news

L’Étape Brasil by Tour de France faz história e entrega prova perfeita em 2020

A sexta edição do L’Étape Brasil by Tour de France deixará um legado para competições esportivas realizadas no Brasil.

A prova ocorreu no domingo (6), em Campos do Jordão (SP), e teve os percursos de 107 e 66 quilômetros com representantes de todos os estados da federação.

A organização adotou uma série de medidas para que os ciclistas continuassem a ter uma experiência de alto-nível da etapa do famoso Tour de France em meio à pandemia de COVID-19. A prova respeitou as orientações protocolares do governo do estado de São Paulo em sua fase amarela.

Os atletas, por sua vez, respeitaram as orientações passadas pelo staff nas áreas de largada, na estrada e também no Village do L’Étape, que foi instalado no Capivari, importante cartão-postal da cidade.

Para ter avaliação positiva dos participantes, a equipe liderada pelo medalhista olímpico Bruno Prada montou um comitê para monitorar a parte técnica, segurança no percurso, postos de abastecimento e alimentação, atendimento ao cliente no SAC e principalmente os protocolos de saúde.

”A prova já era de alto-nível em organização, estrutura, logística e principalmente segurança. Nessa temporada tivemos a responsabilidade de entregar uma competição de três dias respeitando isolamento social e com todas as exigências sanitárias cumpridas a risco. Os ciclistas colaboraram”, disse Bruno Prada, organizador do L’Étape Brasil.

”Adotamos o briefing online, entregamos as medalhas higienizadas embaladas individualmente em envelopes de plástico e não realizamos a premiação final. Essas foram algumas das ações que definimos durante esse ano atípico”.

A organização teve autorização para promover a edição e ficou em contato diário com as autoridades locais e estaduais. A prova recebeu elogios dos participantes e feedback positivo da A.S.O. – Amaury Sports Organisation, organizadora do Tour de France.

”Tivemos muitos atletas com tempo bom! Uma confraternização, com cuidados extras e conseguimos efetivar com esse padrão de segurança”.

”Eu só ouvi elogios. Gostei muito do comportamento de todos atletas. Todos prestaram muita atenção nas placas, tivemos os cuidados através de bombeiros e médicos preparados”, explicou Fernando Cheles, diretor de prova.

Ciclistas aprovam evento

A satisfação dos ciclistas pôde ser mensurada com o número de inscrições feitas para a sétima edição, que será realizada em setembro de 2021.

Nomes de peso do esporte e da televisão como o campeão olímpico Nalbert e o ator Rodrigo Hilbert aprovaram as ações adotadas pelos organizadores do L’Étape Brasil em Campos do Jordão.

”É disparada a prova mais bem organizada que temos aqui no País! As ruas fechadas, todas pessoas seguindo os protocolos. Quando fiquei sabendo da prova, fiquei preocupado! Mas você olha aqui todas pessoas pensando umas nas outras e fazendo uma prova muito bem organizada”, disse Rodrigo Hilbert.

Os atletas inscritos foram constantemente avisados sobre a realização da prova por e-mail, o briefing técnico foi online e a retirada de kits nos dois dias pré-prova não teve filas apesar do grande número de atletas que pedalou em Campos do Jordão.

A edição brasileira do Tour de France obrigou o uso de máscaras por todos os envolvidos, medição de temperatura, tótens com álcool gel, distanciamento social, limpeza e desinfecção dos locais com maior circulação de pessoas.

O L’Étape Brasil by Tour de France teve apoio para realizar a prova do Governo do Estado de São Paulo, Secretaria de Esportes do Estado de São Paulo, Secretaria de Logística e Transportes do Estado de São Paulo, DER – Departamento de Estradas e Rodagens,  Quartel do Comando Geral da Policia Militar do Estado de São Paulo, Polícia Militar, Polícia Militar Rodoviária, Prefeitura de Campos do Jordão, Secretaria de Turismo de Campos do Jordão, Secretaria de Saúde de Campos do Jordão, Secretaria de Segurança Pública / DSV / Defesa Civil / Guarda Civil Municipal, Corpo de Bombeiros, SAMU, Prefeitura de Santo Antônio do Pinhal e Secretaria de Turismo de Santo Antônio do Pinhal.

Resultados

O ciclista Otávio Bulgarelli conquistou o terceiro título consecutivo do L’Étape Brasil by Tour de France na prova de 107 quilômetros. O atleta amador cruzou a linha de chegada em 3h04min35. A segunda colocação ficou para Felipe Fossati (3h05min02) e o terceiro para Guilherme Couto (3h06min50).

A prova com 2.330 metros de altimetria acumulada teve trechos com chuvas e muita neblina. Mesmo com atenção redobrada, Otávio Bulgarelli baixou em mais de dois minutos a marca do ano passado, que era de 3h07min02.

Com apenas 20 anos, a carioca Tota Magalhães venceu pela primeira vez no L’Étape Brasil com a marca de 3h28min06. A atleta amadora disse ter se divertido nos 107 quilômetros pelas estradas do interior de São Paulo.

No feminino, a prata ficou com Bia Neres (3h29min30) e o bronze com Mariana Brugger (3h33min17). A versão de 66 quilômetros teve como vencedora Carolina Weber (2h07min14), seguida por Camila Angulo (2h07min45) e Flavia Lorenzetti (2h10min41s).

No masculino, Daniel Ferreira ganhou os 66 quilômetros com 1h52min09s375. A sequência teve Flávio Roberto Ferreira (1h52min09s542) e Walter Miguel Ribeiro (1h53min07s188).

Inscrições para 2021 e L’Étape Rio

O L’Étape Brasil 2021 será disputado de 24 a 26 de setembro em Campos do Jordão (SP). A organização deve confirmar oficialmente a repetição do mesmo percurso das duas últimas edições na cidade paulista.

Uma inédita edição no Rio de Janeiro (RJ) será realizada entre os dias 25 a 27 de junho de 2021. A prova terá como sede a Marina da Glória, local que recebeu os Jogos Olímpicos e outras competições esportivas e culturais.

As inscrições já estão abertas e os interessados podem acessar o site www.letaperio.com.br para confirmar sua presença.

”Estarei no Rio, já que a ideia minha é participar sempre! Eu não estou tendo muito tempo para treinar, mas sempre quando tem um tempinho pego a bicicleta! É uma paixão e faz muito bem”, reforçou Rodrigo Hilbert.

A prova carioca do L’Étape Rio terá os percursos de 111 quilômetros e 62 quilômetros passando pela orla da cidade maravilhosa. Na versão completa, os ciclistas irão até o Recreio dos Bandeirantes antes de cruzar a linha de chegada na Marina da Glória.

Mais informações:

Site oficial – https://www.letapebrasil.com.br/

Facebook – https://www.facebook.com/letapebrasil/

Instagram – https://www.instagram.com/letapebrasil/

Youtube – https://www.youtube.com/channel/UCKq1bBlIu2szJDU-oj4McuQ

Strava – https://www.strava.com/clubs/l-etape-brasil-by-tour-de-france-1

Publicado em: news